Mercearia do Conde lança Virado à Paulista

Protagonista dos almoços paulistanos às segundas-feiras, o Virado Paulista ganha destaque no menu fixo da Mercearia do Conde. A partir de hoje, segunda dia 03 de setembro, o restaurante, conhecido pela sua decoração colorida e cardápio multicultural, incorpora a receita do tradicional prato, considerado patrimônio imaterial do Estado de São Paulo.

Depois do sucesso no Festival Brasileirinho, o prato foi incorporado ao menu fixo da casa. A versão da Mercearia do Conde reúne virado de feijão com costelinha de porco confit, ovo caipira estrelado, arroz, couve salteada e croquetes de banana por R$ 68,00. A costelinha é preparada a partir de uma antiga técnica, na qual a carne é salgada e lentamente cozida em sua própria gordura, sendo selada depois do processo. Isso garante uma suculência extra, deixando-a crocante por fora e macia por dentro.

Virado à Paulista, prato com a cara de São Paulo, agora toda segunda no almoço da Mercearia do Conde. Crédito foto: Romulo Fialdini.

O prato carrega história em seus ingredientes e tem seus primeiros registros já no século 17. Foi criado na época das entradas, bandeiras e monções, no Brasil Colônia. E é considerado uma refeição completa. Recentemente, foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Governo do Estado de São Paulo (Condephaat).

Serviço Mercearia do Conde:

Rua Joaquim Antunes, 217 – Jardim Paulistano – São Paulo – SP

Telefone de reservas para eventos:  (11) 3081-7204 e (11) 97187-8193

Email de eventos: eventos@merceariadoconde.com.br

Capacidade para eventos: até 60 pessoas

A colorida casa de esquina no Jardim Paulistano, marca registrada do restô, que completou 26 anos. Crédito foto: Romulo Fialdini

Sobre a Mercearia do Conde

Criada em 1991, a Mercearia do Conde era originalmente uma mercearia e vendia mantimentos a granel, queijos, cereais e massas. A colorida casa de esquina na Joaquim Antunes, no coração do Jardim Paulistano, zona oeste de São Paulo, ainda guarda resquícios do antigo armazém, com azulejos brancos e objetos pendurados pelo teto. Fadas e trapezistas parecem voar pelo ambiente lúdico e acolhedor. Quadros, relicários, sacolas de feira e artesanato variado estão por todos os cantos. Pelo menu variado da restauratrice Maddalena Stasi, há preferência pela culinária brasileira, com viagens pela Bahia, como vatapá, bobó de camarão e moqueca vegana de banana-da-terra; por São Paulo, com pasteizinhos caipiras e virado, sem abrir mão das massas artesanais e de sotaques picantes e orientais. Ingredientes que fazem com que cada visita ao restaurante seja uma nova e colorida viagem.

Mercearia do Conde

Twitter: @mercearia_conde

Instagram: @merceariadoconde

Facebook: Mercearia do Conde

Site: www.merceariadoconde.com.br